O bairro Monte Alegre, verdadeiro símbolo da riqueza e prosperidade do Vale do Piracicaba, foi no século XIX, um marco da poderosa cultura do açúcar. Hoje, o Monte Alegre é um patrimônio que a OJI PAPÉIS ESPECIAIS tem orgulho de ajudar a preservar.

Em 1804, foi fundada a fazenda Monte Alegre pelo Padre Joaquim Amaral Gurgel, na época um dos principais latifundiários do município. No ano de 1824, as fazendas Monte Alegre e Taquaral foram unidas dando origem ao Engenho do Monte Alegre.

No ano de 1910, Pedro Morganti adquiriu o Monte Alegre e deu origem em 1924 à Refinadora Paulista S.A. Vinte sete anos depois, os herdeiros de Pedro Morganti deram início à construção da fábrica de papel, para aproveitar a celulose de bagaço de cana-de-açúcar da Usina. A Fábrica de Papéis foi inaugurada em 24 de outubro de 1953.

No ano de 1971, a família Silva Gordo comprou a Refinadora Paulista, e um ano depois a fábrica de papel foi modernizada e passou a utilizar celulose de eucalipto como matéria-prima.

Em 1980, foi criada a Indústria de Papel Piracicaba (IPP) e a Usina Monte Alegre fechou definitivamente as portas, passando assim para o controle do Grupo Simão.

Em 1992, a Papel Simão entrou em negociação com a Votorantim Celulose e Papel (VCP) que incorporou as unidades Piracicaba, Jacareí, Mogi das Cruzes e a distribuidora KSR.

No dia 1º de setembro de 2009, houve a fusão da VCP com a Aracruz Celulose S/A, onde nasceu a Fibria Celulose S/A, a qual a fábrica de papéis fez parte.

Durante quase 2 anos crescendo junto com a Fibria, o ativo e capital humano fez com que a fábrica tornasse referência nacional na produção de papéis especiais, atingindo níveis de excelência na produção e comercialização dos produtos e serviços.

Monte Alegre, a Oji tem orgulho da sua terra.

Após essa trajetória de sucesso, o OJI HOLDINGS CORPORATION, líder mundial no segmento, adquiriu no dia 30 de setembro de 2011, a fábrica de papéis especiais, a qual produz 169 mil ton/ano de papéis.

Com estas imagens, a OJI PAPÉIS ESPECIAIS resgata momentos importantes da sua história que é parte integrante do bairro Monte Alegre.

Agradecimentos especiais: Balu Guidotti (acervo de fotos da Família Morganti), ao fotografo José Luiz Tonin e ao artista plástico Geraldo Zaratim (acervo do bairro Monte Alegre).


Século XIX

Fundação da Fazenda Monte Alegre

1910

Inauguração da Companhia União dos Refinadores
Antiga Usina Monte Alegre

1917

Produção de álcool da Usina Monte Alegre

1930

Igreja de São Pedro de Monte Alegre

1945

Campeonato de corte de cana
Rolo da antiga fábrica de papel
Usina de leite da época dos Morganti
Teixeirada na época dos Morganti
Locomotiva Usina Monte Alegre
Festa Monte Alegre
Festa de Natal Época dos Morganti
Desfile Refinadora Paulista
Colheita de cana Refinadora Paulista
Bailes do Clube UMA - Usina Monte Alegre

1950

Refinadora Paulista

1958

Fábrica de papel dos Morganti

Década de 50

Máquina de papel

Década de 50

1970

1970

1971

Unidade Piracicaba Família Silva Gordo

1980

Unidade Piracicaba Grupo Simão

1992

Unidade Piracicaba Controle
VCP

2009

Unidade Piracicaba Controle Fibria

2011

Início das Operações da Oji Papéis Especiais

Siga también las redes sociales el trabajo de la Oji Papéis.